Mulheres no mercado de trabalho

Fato comprovado, as mulheres se aproximam cada vez mais de uma situação de igualdade no mercado de trabalho, em relação aos homens. Certamente ainda existem longos caminhos a serem percorridos nesta busca, mas o progresso é inegável.

No momento atual, setores precisam se comunicar rapidamente e com êxito para que a produção renda da melhor forma possível. Além disso, a conectividade exige disponibilidade por períodos cada vez mais longos. Estes fatores, somados ao fato de que a cada dia mais o aumento efetivo de mulheres que vem encarando jornada dupla (porque o fato de estarem no mercado de trabalho não eximiu as mulheres de trabalhar em casa e cuidar dos filhos) só confirma que esse número vive em constante ascensão.

Mas nem tudo é positivos e as mulheres ainda são vítimas de preconceito. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), bem como diversas pesquisas sérias, indicam que ainda existe diferença salarial entre os sexos. A remuneração delas equivale a 72,3% do salário dos homens. Para acabar com essa diferença, foi criado o projeto de Lei (PLC 130/2011) que prevê multa à empresa que pagar salário inferior para a mulher quando ela realizar a mesma tarefa que um homem. Se aprovada, representará o fim de uma luta.

No filme “Não Sei Somo Ela Consegue” (I Don’t Know How She Does It), baseado no livro da autora inglesa Allison Pearson, Sarah Jessica Parker vive uma mulher como muitas que existem fora das telas. Ela se desdobra para exercer vários papéis, como ser mãe, mulher e profissional de sucesso. Nas locadoras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta