Habilidades sociais são diferenciais

A automação é responsável pelo fim de muitas vagas de trabalho ao redor do mundo. Mas, segundo o pesquisador David Deming, professor de Políticas Públicas, Educação e Economia da Universidade Harvard e autor de um estudo chamado “A crescente importância de habilidades sociais no mercado de trabalho”, ela ainda está distante de substituir trabalhadores que combinem diversas habilidades complementares entre si – em especial habilidades sociais, como a capacidade de escutar e de trabalhar eficientemente em equipe.

Na pesquisa, divulgada na Folha de S. Paulo e que compila dados do mercado de trabalho dos EUA entre 1980 e 2012, ele nota um aumento na oferta de empregos para funções que requerem alto grau de interação humana, como gerentes, professores, enfermeiros, médicos e advogados. Enquanto isso, empregos puramente técnicos e de baixa interação humana, ocupados por exemplo por matemáticos e engenheiros, representam parcela menor do total da mão de obra americana.

O mais expressivo crescimento de empregos (e salários) ocorreu, segundo Deming, em funções que exigem tanto conhecimentos matemáticos/técnicos quanto habilidades sociais. Para muitos desses empregos, a tecnologia se torna algo complementar, que ajuda o trabalhador a aumentar sua produtividade, em vez de substituí-lo. Empregos com salários melhores cada vez mais exigem habilidades sociais, e a interação social teria se mostrado, ao menos até o momento, difícil de ser automatizada.

Em entrevista por telefone à BBC Brasil, o pesquisador fala sobre a importância de essas habilidades serem praticadas pelos profissionais e incorporadas aos sistemas de ensino. As pessoas costumam focar em empregos tecnológicos porque é onde está a inovação e onde há funções que não existiam antes.

O especialista defende que as pessoas tendem a focar muito na substituição de pessoas por máquinas, mas não costumam ver que, se a tecnologia não te substitui, ela tende a te tornar mais valioso ou produtivo. O fato de que haja um software que permita a um profissional analisar uma base de dados com rapidez o faz economizar tempo. Isso não substituiu o seu trabalho ou o deixou obsoleto, apenas o tornou mais produtivo, porque o permitiu dedicar mais tempo a criar, por exemplo.

A mensagem é: se você tem esse tipo de trabalho, em que tem de fazer tarefas analíticas mas também trabalhar com outras pessoas, as máquinas vão te tornar ainda mais valioso –porque se você é bom nas tarefas analíticas, você conseguirá usar as máquinas (que automatizarão essas tarefas) para aumentar sua produtividade e não ser substituído. A vantagem que as pessoas têm sobre a tecnologia é que são flexíveis: podem dedicar seu tempo a diferentes tarefas, podem liderar uma equipe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta