Flexibilidade no trabalho

No Brasil, uma em cada cinco pessoas já sofreu alguma doença ou acidente decorrente do excesso de trabalho. A constatação, fruto de uma pesquisa coordenada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), vêm acompanhada pelo fato de que quase metade dos trabalhadores brasileiros (45,6%) não se desligam totalmente das suas tarefas profissionais no tempo livre.

Imagem: Reprodução



Durante o expediente, 95% dos brasileiros têm liberdade para satisfazer suas necessidades pessoais, como tomar água, parar para tomar um café, dentre outros. Outros 72,4% têm permissão resolver problemas pessoais no horário de trabalho, e 83,1% podem conversar sobre assuntos gerais com algum colega. Por outro lado, 15,8% dos trabalhadores não têm tempo ou não têm previsão para seu horário de almoço, e outros 27% só conseguem uma pausa para almoçar e retornar às tarefas do trabalho logo em seguida. Por mais que o discurso do horário flexível tenha ganhado força nas empresas, 58,5% dos trabalhadores brasileiros possuem horários fixos de trabalho.

Fonte: Você RH

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta