Empresa de tendências imagina profissões de 2025

Já parou para pensar em como será o mercado de trabalho daqui a alguns anos? Imaginar os empregos e formas de trabalho que existirão daqui a um médio prazo pode ser uma viagem, mas tem gente que já está analisando o assunto e procurando fazer previsões para o futuro. Acredita-se que as novas tecnologias irão revolucionar o mercado e a Sparks & Honey, empresa de tendência de Nova York, levou a reflexão a sério. Em seu escritório, os funcionários podem usar uma parede para escrever futuras profissões que eles imaginam que existirão em 2025.

Imagem: internet

O site FastCo.Exist publicou oito destas ideias, com o relato do CEO da companhia, Terry Young. Confira:

– Gerente de Morte Digital
“Life-logging” será um modo de vida, afetando a forma que gravamos e lembramos do que fazemos. Young prevê que alguém terá o papel de transformar o material do life-logged em histórias. Isso pode ser útil durante a nossa vida (para fins pessoais), mas também na morte. “Hoje, isso acontece apenas com pessoas importantes. Andy Warhol tem uma fundação, e assim por diante. Nós estamos imaginando que isso vai escada abaixo para outras pessoas que querem moldar o que significa que o seu legado”, diz Young.

– Conselheiro de Desescolaridade
O conceito de educação como uma caixa-relógio de 4 anos vai acabar. O futuro será mais diversificado. As pessoas vão se conectar por um tempo à escolaridade, aqui e ali, um mês e agora novamente, e os conselheiros de não-escolarização irão guiá-los por todo o caminho. “Nós estamos vendo a evolução do conselheiro tradicional para alguém que fará esses cortes na vida escolar das pessoas”, diz currículos, o que mais pode vir aí!?

– Explorador de Poltrona
Máquinas estarão ligadas, produzindo toneladas de dados sobre o seu desempenho e os arredores. A tecnologia de comunicações que tem sido cara no passado (como satélites) será amplamente acessível. Isto irá criar oportunidades para “exploradores de poltrona” que vão viajar o mundo, verificando sistemas, edifícios e lugares difíceis de alcançar. Vamos precisar de pessoas para romper o nevoeiro, e nos dar uma imagem clara.

– Impressor 3D
Hoje, quando o trabalhador braçal corrige algo, ele geralmente tem que encomendar uma peça de reposição da China. Um dia, ele poderá imprimi-la direito em seu quintal. Digamos que você precisa substituir o tubo em sua pia.
Por que esperar a coisa toda vir de fora do país, quando isso pode ser impresso na sua casa? Afinal, nós já temos chuveiros impressos em 3D.

– Balanceador Microbiológico
Do seu intestino para a sua boca, o mundo microbiológico é grande foco de pesquisa atual. Young vê um trabalho para um “balanceador microbiológico”, que alinhará suas bactérias: “Eles vão entender como ler seu genoma, seu intestino e suas bactérias da boca e deixa-lo mais equilibrado em uma casa, na escola ou nível individual . Eles são o equivalente à pessoa que faz o Feng Shui do seu apartamento. “

– Desorganizador Corporativo
As grandes empresas querem ser mais como startups, vendo a inovação como vital para os lucros futuros. Young diz que eles querem “desorganizar corporações”, podendo introduzir um pouco de “caos organizado”. Young diz: “O disruptor irá aproveitar os novos sistemas de economia colaborativa, criando maior fragmentação e ecossistema mais distribuído.”

– Especialista em Desintoxicação Digital
A “sobrecarga” digital se tornará ainda mais esmagadora. Isso vai abrir o caminho para as pessoas que podem ajudar a levar uma vida menos centradas em dados, ou pelo menos encontrar um equilíbrio melhor. Em alguns casos, eles vão organizar centros de reabilitação digitais.

– Pastor Urbano
Com as cidades ficando mais verdes, nós vamos precisar “pastores urbanos” para cuidar da nova infra-estrutura. “Você precisa de alguém para cuidar das colmeias urbanas, alguém que vá se certificar que sua compostagem está se configurado corretamente, e alguém que vá saber como cuidar dos jardins verticais”, diz Young.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

One thought on “Empresa de tendências imagina profissões de 2025

Deixe uma resposta