Como a linguagem corporal pode afetar sua carreira

A maneira como uma pessoa se senta ou fica em pé pode influir em seu sucesso? Novas pesquisas mostram que a postura tem um impacto muito maior no corpo e na mente do que imaginamos. Assumir uma postura que emana poder e força altera os hormônios e o comportamento de uma pessoa, como se ela realmente tivesse esse poder.

Só de praticar uma “postura poderosa” por alguns minutos — como ficar em pé com o torso alongado e inclinado para a frente com os mãos dos lados, ou inclinado sobre uma mesa, com as mãos firmes na sua superfície — produziu níveis mais altos de testosterona e a um nível menor de cortisol, que é o hormônio do estresse, nos participantes do estudo. Pesquisas recentes mostram que estas alterações fisiológicas estão ligadas a um melhor desempenho e a um comportamento mais confiante e assertivo.

linguagem-corporal

Imagem: internet

Uma postura de poder também pode reduzir os sintomas de estresse, dizem especialistas. Num recente estudo, os participantes foram orientados a fazer durante cinco minutos poses de poder ou de fraqueza, inclinando o torso com os braços e tornozelos cruzados. Depois, eles tiveram de fazer uma apresentação, que foi gravada em vídeo, para avaliadores com jalecos brancos e pranchetas. Aqueles que haviam feito uma postura de poder antes da apresentação mostraram um baixo nível de cortisol e menos sinais de estresse, como rir nervosamente ou morder os lábios.

Uma postura expansiva também pode aumentar a testosterona, que tende a elevar a confiança e comportamento agressivo. Pessoas que praticaram poses de poder por dois minutos mostraram níveis mais elevados de testosterona mais tarde e estavam mais propensos a fazer uma aposta dada a oportunidade. Um total de 86% dos participantes com posturas de poder arriscou perder dois dólares por 50% de chances de dobrar a quantia, em comparação com 60% das pessoas que ensaiaram posturas de fraqueza, de acordo com um estudo publicado na revista “Psychological Science”.

Posturas de poder também estão ligadas a um melhor desempenho. Os participantes que praticaram posturas de poder durante vários minutos antes de iniciar uma simulação de entrevista de emprego receberam avaliações melhores e tiveram maiores possibilidades de contratação — mesmo que os avaliadores não os tenham visto nas poses. Os pesquisadores estão estudando por que os efeitos de uma pose de poder parecem prolongar-se mesmo depois que a pessoa volta à postura normal. Uma teoria é que ela produz mudanças no tom de voz e na expressão facial.

Fonte: The Wall Street Journal

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

2 thoughts on “Como a linguagem corporal pode afetar sua carreira

Deixe uma resposta