Chefes difíceis não têm vez

O que o mercado pensa sobre chefes que infernizam a vida de suas equipes? A opinião da maioria dos gestores e especialistas em carreira é que manter chefes tiranos, por melhor desempenho que eles tenham, pode não valer a pena para as empresas. Um líder voltado apenas para resultados e que se esquece das pessoas é um problema, mesmo que ele traga ótimos números para a companhia. O líder não pode esquecer que ele é parte de uma equipe e não constrói os resultados sozinho. Para evitar problemas entre chefia e subordinados, uma ideia é a de que o RH das empresas usem e abusem do feedback para solucionar os conflitos. 

Um artigo do Canal RH explica que muitas pessoas, ao assumirem uma função de liderança, se sentem inseguras e acabam adotando uma postura equivocada, excessivamente agressiva – principalmente na frente dos demais – ou extremamente controladora, por medo de que algo lhe fuja ao controle. Foi-se o tempo em que resultado a qualquer custo era essencial. Hoje é preciso que as pessoas se sintam engajadas e pertencentes à organização para que as metas e resultados sejam atendidos. De acordo com o artigo, hoje não há lugar para quem não tem inteligência emocional.

A questão da liderança motivou, recentemente, duas pesquisas internacionais: uma delas, que ouviu mais de dois mil profissionais do Reino Unido, constatou que 55% deles questionam a capacidade de gestão de seus superiores. O outro estudo recebeu respostas de dois mil executivos de vários países e constatou que 53% deles não acreditam da estratégia traçada pela companhia. Na essência, ambos os levantamentos expõem a dificuldade em se conseguir o equilíbrio entre líderes e liderados, de forma a que o negócio da empresa não seja prejudicado pela falta de entendimento entre os dois.

,

______________________________________________________________________________________

A MSA RH aborda no blog assuntos de interesse do mercado de trabalho e procura divulgar informações relevantes para os leitores, englobando temas do ambiente corporativo, como carreira, negócios e recursos humanos. É importante frisar que todos os dados e pesquisas apresentados neste espaço são de responsabilidade de fontes confiáveis, como institutos de pesquisa e veículos de comunicação de reconhecimento nacional e internacional.

O objetivo é, portanto, traçar um panorama imparcial sobre o universo profissional e gerar discussões sobre temas atuais e essenciais não só a quem vivencia o meio de RH, como a todos os profissionais brasileiros. Seja bem-vindo e contribua sempre com seus comentários, opiniões e sugestões!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

One thought on “Chefes difíceis não têm vez

Deixe uma resposta