A diversidade no networking é lucrativa para as empresas

Como você avaliaria a sua rede de relacionamentos? O networking é importante, mas é menos eficiente se você se relacionar apenas com profissionais com perfis e backgrounds semelhantes ao seu. Um novo estudo concluiu que a diversidade é essencial também neste assunto, mostrando que CEOs que cultivam laços com profissionais de diferentes experiências e ambientes geram maior valor às suas empresas.

A pesquisa em questão foi feita por especialistas da escola de negócios do Illinois Institute of Technology, do Rensselaer Polytechnic Institute e da Fordham University, que apontaram que um networking diverso ajuda o CEO a promover políticas mais inovadoras, melhorar a performance financeira e influencia até mesmo na área de fusões e aquisições. Faz sentido, já que a riqueza de informações absorvidas em contato com os mais diversos profissionais é proporcional ao repertório que vamos adquirindo.

Os estudiosos ouviram 1.212 executivos, que foram CEOs de empresas dos Estados Unidos para confirmar a tese de que a diversidade do networking é um componente crucial na qualidade da gestão praticada. Ao se conectar com grupos mais heterogêneos, esse executivo terá mais sucesso em realizar iniciativas inovadoras e buscar oportunidades além da sua zona tradicional de atuação.

Foram analisadas as redes profissionais dos executivos sob aspectos como gênero, nacionalidade e formação acadêmica. Foi medido, por exemplo, quanto tempo um profissional manteve contato com um ex-colega de faculdade, bem como se ele cria relacionamentos a partir de situações sociais, como frequentar clubes de esporte ou eventos de caridade. Também foram cruzados os dados com indicadores da empresa, como tamanho, lucro, financiamento, investimento e governança corporativa.

As empresas foram separadas entre aquelas com CEOs que fomentam redes heterogêneas e aqueles que cultivam redes homogêneas. Considerando a amostra realizada, os resultados apontam que CEOs que têm conexões diversas adicionaram, em média, 81 milhões de dólares ao valor da empresa.

Isto tudo pode parecer óbvio, mas os pesquisadores defenderam que a pesquisa agora traz evidências científicas de que a pluralidade no ambiente social de um CEO também influencia a empresa. Este resultado é de grande importância, pois o tópico da diversidade no mercado de trabalho está no centro do debate corporativo atualmente. O estudo pode ser um argumento extra para que as companhias pensem as contratações de minorias como um fator chave e lucrativo, não apenas éticas. Funcionários talentosos e com uma grande variedade de perfis, conhecimentos e experiências culturais podem ser imprescindíveis para o sucesso em um mercado global.

.

______________________________________________________________________________________

MSA RH aborda no blog assuntos de interesse do mercado de trabalho e procura divulgar informações relevantes para os leitores, englobando temas do ambiente corporativo, como carreira, negócios e recursos humanos. É importante frisar que todos os dados e pesquisas apresentados neste espaço são de responsabilidade de fontes confiáveis, como institutos de pesquisa e veículos de comunicação de reconhecimento nacional e internacional.

O objetivo é, portanto, traçar um panorama imparcial sobre o universo profissional e gerar discussões sobre temas atuais e essenciais não só a quem vivencia o meio de RH, como a todos os profissionais brasileiros. Seja bem-vindo e contribua sempre com seus comentários, opiniões e sugestões!

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta