“A concorrência é uma força do bem”

O Instituto Millenium e a Vale trouxeram ao Brasil o autor do livro “Salvando o capitalismo dos capitalistas” (Editora Campus, 393 páginas, R$ 109). Economista e professor da Universidade de Chicago, Luigi Zingales esteve no país para uma série de palestras e concedeu entrevista à revista Época. Para Zingales, é preciso resistir às pressões das grandes empresas para ampliar o protecionismo e reduzir a competição. 

Em um momento que o protecionismo parece ganhar força no Brasil, com a imposição de restrições às importações e a concessão de bilhões em crédito subsidiado às grandes empresas, as ideias do economista soam quase subversivas. Zingales diz que a redução da concorrência beneficia apenas um pequeno grupo de empresas, em prejuízo da maioria da população. “A concorrência é uma das grandes forças a serviço da humanidade”. Segundo ele, parece menos provável hoje que o Brasil consiga resistir às pressões protecionistas dos grandes grupos econômicos. “Estou menos otimista hoje de que a China e o Brasil sejam verdadeiramente competitivos e de que não serão capturados por pequenos grupos de interesse dentro de suas próprias fronteiras.”

Leia a entrevista completa aqui.

Fonte: Instituto Millenium

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta