Atitudes para um período de transição

Um dos grandes ensinamentos budistas é que tudo na vida é transitório. Trazendo este pensamento para o mundo corporativo, significaria dizer que, mais cedo ou mais tarde, estaremos numa situação de mudança de emprego. O período de desemprego pode ser muito traumático e, visando reduzir essa incômoda fase, o site Careerealism – because every job is temporary traz 10 dicas simples e fáceis para mantermos uma atitude positiva durante a busca por uma recolocação.

Thumbs up on green background

1. Mantenha uma rotina – Fuja de maus hábitos como o de acordar muito mais tarde que o seu habitual, ficar dormindo fora do horário (aquela soneca após o almoço, por exemplo) ou daquela vontade de não ficar fazendo nada pelos cantos da casa. Lembre-se de manter uma alimentação saudável e de movimentar-se regularmente (caminhar é de graça)!

2. Faça trabalho voluntário – Você pode ser voluntário numa igreja, hospital, comunidade de desabrigados ou ONG. Este trabalho lhe trará a certeza de estar sendo útil e também irá lhe mostrar a realidade de muitos que estão mais necessitados que você. Poucas coisas são tão recompensadoras que ajudar quem precisa de nós.

3. Mantenha-se atualizado – Não torne-se alienado só porque você não está trabalhando neste momento. A melhor estratégia é manter-se atualizado e sintonizado com as novidades de sua área. Mostrar um conhecimento atual e de relevância contará muitos pontos na competição por uma vaga.

4. Permita-se experimentar novas habilidades – Nunca é tarde para aprender um novo idioma ou uma nova ferramenta digital. Um novo conhecimento aliado à sua atual experiência irá torná-lo um profissional cada vez mais versátil com novas áreas de atuação.

5. Pensamento positivo – De nada adianta ficar se focando somente no negativo – você precisará aprender a mudar o foco o mais rápido possível. Concentre-se nas suas habilidades e no seu conhecimento. Com um pensamento positivo, a chance de você ficar remoendo a situação e, futuramente, caminhar para um estado depressivo diminui.

6. Grupo de Apoio – Às vezes você pode pensar que é o único nesta situação de desemprego, mas adivinha só: não, você não está sozinho nessa. Procurar ajuda em grupos especializados ou de pessoas que estão em situação similar à sua irá lhe ajudar e facilitará a passagem por esta fase. Procure ajuda em grupos de profissionais, que lhe trarão dicas e orientações de carreira, mas também em grupos que lhe trarão outros tipos de ajuda, como grupos de leitura, por exemplo. Use a ajuda de outros para mudar sua vida.

7. Evite pessoas negativas – Pensamentos e atitudes negativas não têm nenhuma valia para você, nem agora, nem nunca. Procure a companhia de pessoas que impactarão positivamente sua vida.

8. Network – Mantenha contato com pessoas, não isole-se. Certifique-se de ter um círculo de pessoas positivas e de boas atitudes ao seu redor. Reafirmar padrões positivos é importante neste período.

9. Controle suas expectativas – Nem todas as entrevistas serão um sucesso. Simplesmente aceite o fato. Foque-se na experiência adquirida e nas lições aprendidas a cada dia.  Novas oportunidades poderão surgir nas mais diversas formas.

10 Nunca desista! – Não são as vagas que o encontrarão, mas você que deve ir ao encontro delas.

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta