Qualidade do ambiente de trabalho

Quase metade dos trabalhadores brasileiros não se desliga totalmente de suas tarefas profissionais no tempo livre. Além disso, um em cada cinco profissionais já sofreu alguma doença ou acidente decorrente do excesso de trabalho. Confirmando o que muitos já sabiam sobre a qualidade do ambiente de trabalho do brasileiro, estas conclusões são fruto de uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

ambiente-trabalho

Segundo resultados do estudo publicados pela Você RH, durante o expediente, 95% dos brasileiros têm liberdade para satisfazer suas necessidades pessoais, como tomar água, parar para tomar um café, dentre outros. Outros 72,4% têm permissão resolver problemas pessoais no horário de trabalho, e 83,1% podem conversar sobre assuntos gerais com algum colega. Por outro lado, 15,8% dos trabalhadores não têm tempo ou não têm previsão para seu horário de almoço, e outros 27% só conseguem uma pausa para almoçar e retornar às tarefas do trabalho logo em seguida. E, por mais que o discurso do horário flexível tenha ganhado força nas empresas, 58,5% dos trabalhadores brasileiros possuem horários fixos de trabalho.

A pesquisa também analisou a percepção dos trabalhadores sobre as capacidades que lhes são exigidas no trabalho, seja pelo empregador ou pelo cliente. No geral, 44,1% dos trabalhadores enfrentam um alto nível de exigência quanto a ter de desempenhar várias funções diferentes no local de trabalho, e 47,2% lidam com a pressão de ter que executar suas tarefas com velocidade. Isso porque 41,6% precisam exercer atividades que antes eram atribuídas a mais de uma pessoa.

E como anda a qualidade no seu ambiente de trabalho?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta