Para evitar mal entendidos

No dia-a-dia das organizações, mal entendidos com clientes e no local de trabalho são os principais fatores que levam as pessoas a perderem o respeito, a confiança e a cooperação entre si, dificultando relacionamentos. O problema começa com o fato de que existem milhares de palavras na língua portuguesa, a maioria delas com diversos significados. O contexto em que a palavra é usada, bem como a forma como é enfatizada pode mudar completamente o seu significado.

Imagem: internet

Tanto na escrita quanto na fala, é preciso, então, fornecer histórias e exemplos que criam imagens na mente das pessoas, para garantir que as palavras não sejam incompreendidas. Para garantir o cumprimento do objetivo de cada apresentação e certificar-se de que o ouvinte vai embora com a pretendida mensagem, o site Leader’s Beacon dá as três dicas:

Repetir a mensagem. Em primeiro lugar, deve-se contar o que vai ser dito. Em segundo lugar, dizer a mensagem. E, por último, dizer o que foi dito. Parece estranho, mas muitas vezes, as pessoas precisam ouvir o que se está dizendo um número de vezes. Além disso, quando estiver repetindo um ponto, diga de diferentes formas, para assegurar que a mente do ouvinte crie imagens, já que cada um processa informações de uma maneira.

– Fazer seu ouvinte repetir a mensagem é um importante método para garantir que a mensagem está clara.

– Certificar-se de que sua linguagem corporal, tom de voz e palavras sejam congruentes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

2 thoughts on “Para evitar mal entendidos

  1. Sou postulante desses conceitos e implemento eles nas minhas atividades. Os problemas que tenho observado sao de que ouvinte nao estao preparados para aceitarem as informacoes que estao sendo passadas. As fontes desses problemas sao varios, e enumero alguns: a) Fator tempo – O ouvinte pre-estabeleceu um periodo para discutir o assunto baseado na sua agenda diaria, e nao no devido tempo que o assunto requer para a discussao. b) Fator ego – O ouvinte assume a posicao de que ele certo e de que o problema foi na implementacao. c) Fator economico – O ouvinte quer que o projeto seja executado com um custo real de 15% a 20% abaixo da receita. d) Fator humano – O ouvinte nao quer prever ou admitir que a implementacao por seres humanos e sujeita a erros, e tem um grau de tolerancia zero. A meu ver essas sao as barreiras que trilho, como gerente de projetos de nivel medio, e para supera-las uso mais a diplomacia. De uma certa forma me considero um equilibrista.

  2. Muito bom!!!! Quanto mais clara a informação, mais facilmente será compreendida. Promover encontros de esclarecimentos faz com que o grupo/equipe confie nas informações que estão sendo passadas. É sempre muito importante garantir coerência entre o que se está dizendo com o que está sendo feito.

Deixe uma resposta