Os erros na hora de fazer networking no LinkedIn

Com mais de 3 milhões de profissionais brasileiros cadastrados, o LinkedIn é um espaço fértil para a germinação de novos relacionamentos de carreira. No entanto, diante das milhões de possibilidades de parcerias, há quem se empolgue além da conta e acumule alguns erros de networking clássicos para o currículo.

Algumas vezes, a lista de escorregões está ligada a um conceito equivocado sobre networking. Em outras, por uma noção errada sobre comportamento em redes sociais – à exemplo da enxurrada e estilo dos convites de desconhecidos que todos recebem. A exame.com listou  alguns dos erros mais comuns cometidos nesta rede.

1 – Ser um caçador de conexões – O ato de disparar convites para meio mundo foi mania nos tempos de Orkut e, para horror dos mais discretos, agora também está se espalhando pelo LinkedIn. Segundo especialistas, o  hábito evidencia uma concepção equivocada sobre o significado de networking profissional. Muitas conexões e pouco relacionamento concreto (mesmo que virtual) não garantem indicações para emprego, lembranças de novas parcerias ou simplesmente um ‘charme’ a mais para os olhos do recrutador.

2 – Ter propósitos difusos – É preciso adotar uma postura estratégica diante de cada futura conexão no LinkedIn. Pergunte-se sobre as razões para adicionar esse novo contato, como você irá justificar isso para ele e de que maneira essa relação também pode ser útil para o profissional do outro lado da rede.

3 – Mandar o convite padrão – É essencial redigir uma mensagem personalizada para cada contato mostrando quem você é e quais seus objetivos em manter contato com ela.

4 – Criar vínculos falsos – As opções para adicionar novos contatos da maneira mais tradicional no LinkedIn são restritas. Apenas amigos, colegas de classe, colegas de trabalho ou pessoas que fizeram algum negócio em comum podem se conectar pelo caminho mais simples. O problema é que, muitas vezes, o novo contato não cabe em nenhuma dessas alternativas. Diante disso, muita gente decide estabelecer um vínculo anterior falso. Há duas maneiras para driblar essa estratégia mentirosa. A primeira é buscar em sua rede de contatos alguma pessoa em comum e pedir para que esse contato apresente você, virtualmente, para a conexão alvo. Outra maneira mais discreta é participar dos mesmos grupos que a pessoa em questão participa. Esse ponto em comum dentro da rede social, abre espaço para que você adicione o outro profissional a sua rede de contatos.

5 – Colocar contatos e LinkedIn no ostracismo virtual – como na vida fora da web, a rede de contatos profissional deve ser cultivada. Isso significa que você pode desde participar ativamente dos grupos de discussão, páginas de perguntas ou, simplesmente, retomar o contato periodicamente com cada pessoa da sua lista de contatos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta