Muitas mulheres querem criar o próprio negócio

A busca por novas oportunidades no mercado de trabalho e a economia aquecida tem levado diversas mulheres a realizar o sonho do negócio próprio. Entretanto, este público precisa enfrentar diversos desafios, entre eles a forte concorrência e o desafio de tornar seu empreendimento lucrativo.

Segundo dados fornecidos pelo Sebrae-SP, o número de mulheres que possuem um empreendimento sem empregados deve subir de 32% em 2000 para 47% em 2020. O mesmo crescimento é apontado na modalidade empregadores (empreendedores com empregados). De acordo com o estudo, esse número deve passar de 24% em 2000 para 42% em 2020.

Imagem: Reprodução

A necessidade financeira e impossibilidade de abandonar os afazeres domésticos pode ser o motivo que leva diversas mulheres para o universo do empreendedorismo. Muitas têm a necessidade financeira e, como não podem abrir mão dos cuidados de casa e da família, encontram, com a abertura de um negócio próprio, a oportunidade de gerir melhor o seu tempo. Com isto é possível equilibrar de forma mais estruturada sua vida pessoal com a profissional.

O crescimento do número de mulheres que se tornam pequenas empresárias foi sentido também pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). Segundo levantamento do órgão, cerca de 40% dos que solicitam cadastro de Microempreendedor Individual (MEI) são mulheres.

Fonte: Último Instante

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta