MBA executivo traz aumento salarial

Investir em um MBA executivo, curso com carga horária menor do que os programas em tempo integral, ainda traz retorno significativo na remuneração. O jornal Financial Times, que divulga anualmente um ranking com os melhores MBAs executivos do mundo, utilizou dados dos últimos cinco anos para comparar os salários de profissionais antes e depois de financiar um programa de EMBA.

Três anos depois de formados, estudantes que pagaram sozinhos pelo programa de MBA executivo reportaram um aumento salarial médio de US$ 38.078 (cerca de R$ 66 mil). O incremento alcançado nos dias de hoje, no entanto, é menor do que cinco anos atrás. Segundo o levantamento, o  aumento na remuneração pós-MBA caiu de 55% para 43% no período. Os alunos que financiaram o curso com recursos próprios foram menos prejudicados e apresentaram incremento no salário dois pontos percentuais maior do que aqueles que recorreram a bolsas integrais ou parciais.

As escolas da Europa continental (não inclui o Reino Unido) foram as que mais apresentaram queda no período: em 2007, o aumento na remuneração era de 88% e hoje é de 53%. No entanto, quem estuda nas instituições europeias ainda consegue um ganho maior no salário do que os executivos que fazem o EMBA em escolas de outros continentes, já que a média mundial de incremento na remuneração fica em torno de 40%.

A pesquisa também concluiu que profissionais que mudaram de país depois de completar o curso obtiveram incremento salarial acima da média. Entre mais de 5 mil alunos graduados em 2008, 14% trocaram de país em relação a onde moravam antes de fazer o curso e 90% desses disseram que o programa ajudou a aumentar sua remuneração, contra 84% da média geral.

Fonte: Valor Econômico

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

2 thoughts on “MBA executivo traz aumento salarial

  1. Com certeza um MBA executivo faz a diferença para um profissional e entendo que todos percebam que é necessário para em algum momento ter um curso como esse.
    Receio que as pessoas interpretem a manchete e simplesmente inscrevam-se em um curso para ter aumento de salário. Não é assim. O seu conhecimento sozinho vale menos (vc é apenas um potencial)do que um conhecimento aplicado e com resultados comprovados. Deve-se ter em mente que as empresas pagam pelos resultados que seus funcionários proporcionam ou “prometem” proporcionar. Investir no curso certo para cada momento da carreira, no meu entendimento, é o que fará a diferença!
    Letícia Cardoso

Deixe uma resposta