Mandarim é a 2ª língua para executivos

O inglês já não é mais a única língua estrangeira necessária no meio empresarial. Com as novas tendências da economia internacional e globalizada, o domínio de outros idiomas tornou-se fator decisivo no mundo dos negócios. O mandarim, língua falada na China e em outros países asiáticos, já é o segundo idioma mais exigido dos executivos em multinacionais, segundo uma pesquisa da Economist Intelligence Unit, empresa irmã da revista The Economist.

Os pesquisadores perguntaram a 572 profissionais de grandes empresas que atuam ou já têm planos concretos de atuar em outros países, qual o idioma mais exigido em sua companhia para executar os planos de expansão internacional. Mais de dois terços dos entrevistados (68%) responderam que era o inglês; 8% citaram o mandarim, e 6%, o espanhol.

Devido a importância da China no mercado internacional, o número de profissionais interessados em aprender mandarim e conhecer um pouco mais sobre os hábitos e cultura deste povo diferente tem crescido bastante. O Centro Cultural China-Brasil – Yuan Aiping surgiu para atender esta crescente demanda. Fundado em fevereiro de 2004, localizado no centro da cidade do Rio de Janeiro, foi criado com o objetivo de difundir as culturas brasileira e chinesa, acelerar o intercâmbio linguístico, cultural e tecnológico, bem como incentivar o relacionamento comercial entre os dois países.

Imagem: Reprodução

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta