Inovação e competitividade

Muito do que tem se discutido sobre o mercado de trabalho reforça o componente de inovação como o grande diferencial competitivo das empresas, independentemente de porte ou setor de atuação. A consequência disso é o desenvolvimento de novos produtos e processos e a otimização dos custos, segundo publicação da Finep, Agência Brasileira de Inovação do Ministério de Ciência e Tecnologia. O órgão incentiva há anos a geração do conhecimento, apoiando a pesquisa básica, a infra-estrutura acadêmica e o desenvolvimento de novas tecnologias em um ciclo completo da inovação.

Cada vez mais as empresas de pequeno e médio portes têm a inovação como base de sua estratégia de negócio. Pesquisas realizadas recentemente pelo IBGE e pelo IPEA indicam que 33% das empresas brasileiras inovam, o que é um caminho viável e deve ser seguido para gerar novos casos de sucesso.

A competitividade está mais assentada na capacidade de adaptação a mudanças tecnológicas e nos avanços organizacionais e mais em sintonia com a capacidade das empresas de explorar as partes de maior valor das cadeias produtivas e de responder rapidamente a oportunidades e ameaças que surgem a no mercado. Neste contexto, a capacidade de inovar ganha importância preponderante na definição de quem vai prosperar ou sucumbir. E o valor dos produtos e serviços oferecidos também depende cada vez mais da quantidade de inovação, tecnologia e inteligência neles incorporada.

O economista Peter Drucker (1909-2005), considerado o pai da administração moderna, indica a inovação como função básica da empresa. “O que todos os empreendedores de sucesso revelam não é uma qualquer personalidade especial, mas um empenho pessoal numa prática sistemática de inovação”, pontificou Drucker em seu livro Inovação e Espírito Empreendedor: Prática e Princípios, lançado no Brasil em 2001.

A inovação ocorre quando se confere uma aplicação prática para uma descoberta ou invenção. A fabricante de computadores Apple não inventou os computadores pessoais nem os tocadores de MP3. Mas criou modelos de apresentação mais bonita e de uso mais prazeroso do que a concorrência. É um exemplo de empresa que consegue sobreviver num ambiente de concorrência feroz lançando produtos cada vez mais inovadores.

,

______________________________________________________________________________________

MSA RH aborda no blog assuntos de interesse do mercado de trabalho e procura divulgar informações relevantes para os leitores, englobando temas do ambiente corporativo, como carreira, negócios e recursos humanos. É importante frisar que todos os dados e pesquisas apresentados neste espaço são de responsabilidade de fontes confiáveis, como institutos de pesquisa e veículos de comunicação de reconhecimento nacional e internacional.

O objetivo é, portanto, traçar um panorama imparcial sobre o universo profissional e gerar discussões sobre temas atuais e essenciais não só a quem vivencia o meio de RH, como a todos os profissionais brasileiros. Seja bem-vindo e contribua sempre com seus comentários, opiniões e sugestões!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta


4 + = treze