Escalando a montanha do sucesso

O número de escolas preocupadas em construir uma rede focada nas mulheres está aumentando em todo o mundo. Nos Estados Unidos, grandes faculdades e escolas de negócios já disponibilizam MBAs e atividades exclusivas para a formação de líderes empresariais femininas. Isto porque, acredita-se, as mulheres têm um estilo diferente de liderar e essa diversidade fortalece as companhias.

Imagem: Reprodução

Em setembro do ano passado, como um preparo para liderar negócios, 15 mulheres estudantes de administração da Rotterdam School of Management decidiram escalar o Monte Kilimanjaro, pico mais alto da África. Segundo Dianne Bevelander, reitora associada da escola e principal organizadora da atividade, o objetivo era aprender a trabalhar de forma colaborativa e superar barreiras físicas e mentais.

Na Fordham Graduate School of Business, em Nova York, reúnem-se candidatas do programa de MBA com alunas em situações de vida semelhantes. A ideia é prepará-las para alguns dos desafios de manter o equilíbrio entre o trabalho e a vida privada. Já na Hult International Business School, o foco é mostrar que é possível manejar todas essas atividades paralelamente. Para a diretora da instituição, as mulheres não parecem ter acesso suficiente a modelos femininos que conseguem fazer tudo. O que se faz, então, é encorajar ativamente essas mulheres talentosas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta