Aula de relacionamento pessoal para geeks

Depois de muita desvalorização, ser geek (viciado em tecnologia) foi aos poucos ficando mais chique. Agora, surge uma nova geração de nerds: os brogrammers, que desafiam o conceito tradicional de aficionado em tecnologia e ciência. O estereótipo tradicional, que ainda persiste na cabeça da maioria das pessoas, está sendo aos poucos quebrado graças ao legado de gênios como Steve Jobs, fundador da Apple, e à crescente dependência dos americanos de aparelhos que façam a sua vida mais fácil pela tecnologia.

Imagem: Reprodução

Para garantir que os alunos tidos como “CDFs” surfem essa onda, a escola de tecnologia do MIT chegou a fundar uma Escola de Charme para alunos com idade ao redor de 19 anos. Segundo o Estadão, o objetivo é melhorar as habilidades sociais e de busca de emprego dos estudantes nerds. Na escola de engenharia da Universidade de Illinois, a mesma ferramenta de “polimento” dos jovens é utilizada. Durante um seminário de uma dia, os estudantes de áreas técnicas recebem aulas sobre etiqueta no escritório e são orientados até como se vestir melhor.

Iniciativas desse tipo, dizem especialistas, começam a dar resultado. “Houve uma mudança na visão das pessoas (sobre esses estudantes e profissionais)”, afirma Sherry Turkle, psicóloga do MIT e autora de livros sobre relacionamentos. “Nós somos todos viciados em tecnologia. E agora dependemos dessas pessoas. Então houve uma espécie de mudança na balança de poder. Agora, há respeito por esses profissionais.”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta