7 resoluções (profissionais e pessoais) para 2013

É tempo de planejar o ano que está iniciando e pensar em todas aquelas resoluções pessoais e profissionais, típicas deste período. Nos primeiros dias úteis do ano, a Exame reuniu dicas dos hábitos que não devem ser deixados de lado em 2013. Confira:

Imagem: internet

1) Seja moderado nas redes sociais – Não é preciso colocar as redes sociais na sua lista negra e considera-las como vilãs. Em certa medida, elas até podem ser úteis para a carreira. O segredo é saber como e quando usá-las. Tal equilíbrio varia de acordo com sua função e setor em que atua. Mas em qualquer situação, a dica é ter controle dos impulsos para checar as redes sociais.

2) Faça listas (do jeito certo) – Os brasileiros até podem ser o povo que mais faz listas de atividades no trabalho (segundo pequisa do LinkedIn, 73% dos profissionais do país cultivam este hábito), mas isso não necessariamente os tem tornado mais produtivos. A dica é fazer um planejamento semanal das atividades que tem que desempenhar no trabalho. Reavalie formalmente seuchecklist, analisando o que é urgente, importante e necessário.

3) Deixe sua mesa sempre organizada – Você até pode ter a desorganização como um “estilo de vida”. Mas, acredite, uma mesa organizada é fundamental para uma boa administração do seu tempo no trabalho e, consequentemente, para a produtividade, segundo especialistas.

4) Desconecte-se – Se por um lado a mobilidade tecnológica (com smartphones e tablets) trouxe diversos benefícios e confortos para as vidas pessoal e profissional, por outro inaugurou (e sutilmente fortaleceu) o mito de que bom profissional deve estar ligado ao trabalho em esquema 24 por 7. É essencial (até mesmo para o rendimento na carreira), uma mudança de frequência, desconectar-se do trabalho para poder aproveitar plenamente as outras dimensões da vida.

5) Tenha um hobby – Ter um hobby não é (necessariamente)  para uma carreira de sucesso. Mas, segundo especialistas, é uma boa estratégia para chegar lá com sanidade mental, no mínimo. Em alguns casos, podem trazer outros benefícios e ajudar a desenvolver algumas habilidades comportamentais.

6) Durma mais – Como não inventaram uma forma de flexibilizar as 24 horas do dia, onde a gente invade? Na vida pessoal e, depois, no sono. Salvo quem tem um metabolismo privilegiado, as pessoas precisam dormir de seis a oito horas por dia. Se sabotar isso, estará criando uma armadilha para sim mesmo e limando a própria produtividade.

7) Cuide da sua saúde – É essencial colocar sua saúde em lugar de destaque nas suas prioridades de vida. Ou seja, deixar para ir ao médico apenas quando a dor aparecer não é a atitude mais adequada. Exames preventivos e consultas médicas esporádicas devem entrar para a sua rotina. Bem como um cuidado dobrado com a postura no ambiente de trabalho e com os hábitos alimentares.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta